<img height="1" width="1" style="display:none;" alt="" src="https://dc.ads.linkedin.com/collect/?pid=33098&amp;fmt=gif">

Fortius 2018: A Celebração Das Pessoas

colagem2.jpgEmoções ao rubro na 2ª Gala dos Prémios Fortius. Mais de 150 profissionais da indústria dos contact centers juntaram-se no passado dia 15 de Março para reconhecer e celebrar os seus melhores profissionais. Foi um orgulho ter feito parte deste grandioso evento e ter partilhado com todos o que de melhor se faz em Portugal na indústria dos contact centers. É o reconhecimento ao esforço e dedicação dos que, atrás de um telefone, vendem produtos, solucionam os mais diversos problemas e facilitam a vida a quem os contacta.

No final da noite, e fazendo um retrospectiva, penso no que foram para mim as três ideias chave desta festa:

O Talento

É incrivel o talento que existe na indústria dos contact centers. Foi assim que Raquel Serradilla, Vice-Presidente para o Sul da Europa na Altitude, se dirigiu à audiência.  Os contact centers são uma escola de muita humildade e muito talento. O êxito só se conquista com muito  trabalho e esforço, mas também com reconhecimento do trabalho realizado. São estas pessoas, de personalidade forte, persistentes, que colocam paixão e o melhor de si em tudo o que fazem que garantem o sucesso dos negócios. São eles, afinal, quem faz a ponte entre as empresas e os seus clientes.

As relações humanas

Manuel Alçada, Director na Happy Work, refere que numa altura em que os robots estão a pôr em causa o papel das pessoas nos contact centers, este é o único evento em Portugal que premeia as pessoas. É verdade que todas as empresas querem reduzir custos, fazer mais com menos recursos, mas o facto é que por muita inteligência que se possa dar a um robot, este ainda não tem uma característica fundamental ao bom relacionamento entre as pessoas: os sentimentos. Os prémios Fortius são a forma que a Altitude, em conjunto com a APCC, encontrou de premiar o talento e o que melhor se faz nos contact centers.

O espírito de equipa

Foi o que mais se sentiu e falou nesta gala. Desde o conteúdo das candidaturas, às ovações dadas a finalistas e vencedores por parte do público até às declarações feitas por cada um dos vencedores, esta foi a ideia que mais se destacou. O prémio nunca foi só da pessoa que o ganhou, mas sim de toda a equipa que no dia seguinte iria também pegar nele e senti-lo como seu. É impressionante ver em primeira mão o espirito de pertença, de entre-ajuda e a relação que existe entre todos. Aqui não existiu lugar a competição entre pares, foram alguns os que da mesma empresa se candidataram à mesma categoria mas consegui ver, em todos, uma alegria genuína pela vitória do seu companheiro de equipa em detrimento da sua. Pergunto-me se haverá em qualquer outra indústria um espírito de união, companheirismo e amizade como o que aqui vi nesta noite.

Foi emotiva a Gala dos Prémios Fortius! Voltamos a ver-nos em 2019.

Compartilhar:
   



Mais lidos

Subscribe to Email Updates